São a união perfeita. Para um pós-almoço animado, um fim de tarde caloroso ou um preparativo das noites de fim-de-semana. Cerveja e tapas não podiam combinar melhor. O verbo tapear não se encontra no dicionário, mas podia. É o que os portugueses vão poder fazer, de norte a sul do País, com a ajuda de uma cerveja Estrella Damm, até 10 de Junho.

Rota de Tapas leva toda a gente a pegar no mapa, simultaneamente em sete cidades, à procura do melhor petisco. Mais de 155 restaurantes vão unir-se para a edição deste ano, que juntou três novas cidades – Aveiro, Évora e Viseu – ao roteiro que já passava por Lisboa, Porto, Braga e Faro.

A  Rota de Tapas Estrella Damm leva-nos a descobrir as zonas históricas das cidades e provar o melhor da gastronomia. A experiência é única e diferente em cada edição, pela variedade e diversidade de tapas que são apresentadas.

“Com sete cidades, em simultâneo, a oferecer a Rota de Tapas fundamentamos um dos grandes objectivos de Estrella Damm: levar a boa gastronomia a todo o lado. Existe, nesta edição, um renovar da oferta e um exaltar dos ingredientes, por isso, os restaurantes e os chefs apresentam tapas muito ricas, bem pensadas e confeccionadas, que espelham o melhor da sua região e das suas próprias técnicas gastronómicas”, explica Vanessa Germano, brand manager da Estrella Damm.

Conheça os sítios por onde vai passar a edição da Rota de Tapas deste ano. Aproveite para programar e partilhar já com os amigos o roteiro das próximas semanas.

Lisboa, a capital portuguesa das tapas

Campo de Ourique e Graça são os novos bairros onde pode encontrar a Rota de Tapas. Juntam-se ao Bairro Alto, Cais do Sodré e Príncipe Real. No total, oferecem 27 tapas para saborear. Salmão, choco, mexilhão, croquetes de alheira, bruschettas e sardinhas são algumas das iguarias. Existem ainda opções vegetarianas à escolha.

Porto, da Ribeira até à Foz

A Invicta é muito mais do que Ribeira e Foz. A Rota de Tapas vai estar espalhada por muito mais zonas. Cedofeita, Poveiros, Aliados e outros locais recebem os visitantes no centro histórico, com pernil estufado, cachorro de linguiça ou alheira grelhada. São 28 generosas e deliciosas tapas para descobrir durante os 18 dias da Rota de Tapas.

Braga, dos enchidos ao bacalhau

Esta é a terra dos enchidos onde o bacalhau também é rei. Braga recebe sempre a Rota de Tapas com deliciosas iguarias confeccionadas com o melhor que a região tem para oferecer: sabores tradicionais, como peru, morcela grelhada, alheira de caça recheada ou bolinho de bacalhau, mas também sabores exóticos e distintos, como cogumelos shitake ou atum selado com soja. No total, são 24 restaurantes à espera. Já está de água na boca?

Faro, da Ria Formosa para o prato

É zona de peixe e marisco fresco e saboroso. Os restaurantes de Faro conquistam o palato com a muxama e o xerém (também conhecido por xarém), entre outros ingredientes extraordinários da gastronomia local. Do castelo ao centro histórico encontra 19 restaurantes onde pode experimentar biqueirão, gambas salteadas ou tiborna de tomate entre muitos outros.

Aveiro, onde a rota anda de moliceiro

A cidade formosa recebe pela primeira vez a Rota de Tapas Estrella Damm e a adesão dos restaurantes não podia ser melhor. Na edição de estreia, 26 restaurantes apresentam tapas tão variadas como petingas, trouxas de bacalhau, nacos de carne maturada. Ou ainda tostas de chèvre para paladares vegetarianos. Localizados entre o Rossio e o Mercado, os restaurantes aveirenses recebem de braços abertos esta iniciativa.

Évora, o melhor do Alentejo em tapas

O melhor da região está representado logo na estreia. Largamente reconhecida pela gastronomia e hospitalidade, Évora cria um tempo para exaltar as carnes, o peixe do rio, passando pelos enchidos e as ervas aromáticas. No centro histórico, em zona concentrada e de fácil acesso, os locais e os visitantes podem experimentar, em restaurantes icónicos da cidade ou em novos espaços, propostas que vão da sapateira ao choco frito, crepe de bacalhau ou tortilha de batata. No total, são 15 restaurantes para deixar as papilas gustativas à solta.

Viseu, terra dos fumeiros

Terra de Viriato e dos fortes, Viseu é conhecida pelos fumeiros e recebe pela primeira vez a Rota de Tapas para desafiar toda a zona norte do País a visitar os 15 restaurantes aderentes. Os enchidos de Viseu são únicos e por isso pode contar com presunto, chouriço e alheira. Não se esquecem também os queijos. Cogumelos, empadas, patê de enchidos e tosta com massa de alheira são outras das 15 tapas que pode provar nas ruas da zona histórica da cidade.

Ficou de água na boca? Então saia à rua e, com uma tapa e uma Estrella Damm na mão, saboreie o melhor destas sete cidades portugueses. Saiba mais sobre a Rota de Tapas aqui.